quinta-feira, 29 de outubro de 2009

"FILHO ADOTIVO" By Sérgio Reis

Antes mesmo de pensar em adotar uma criança, sempre me emocionei muito ao ouvir essa música. Ela é linda, linda, linda!!! Impossível não ficar tocado(a) com ela!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

7) MAIS CALMA.. 8-)

Nada como um dia após o outro: hoje estou mais calma, graças ao Nosso Bom Deus!

No momento, estou me empenhando para passar num outro concurso, aqui no ES, cuja prova será dia 13 de dezembro. Por isso darei uma sumida do blog! Sei que Deus já me concedeu uma grande graça (de passar no concurso federal) e a Ele agradeço muuuuuuuuuuuuuuuito por isso!!! Mas a idéia é conseguir reunir a plena felicidade: maternidade, realização profissional e pessoal (amor!). Estou me esforçando e Deus há de me abençoar!!!!

Hoje eu contatei a assistente social, por telefone, e ela pediu que eu voltasse a fazer contato no próximo dia 3 de novembro, a fim de me informar sobre os horários dos 4 encontros obrigatórios que eu e meu marido teremos de ter com os psicólogos.(exigência da nova lei!) Tais encontros serão ministrados durante o mês de novembro, período em que ainda estarei aqui, graças a Deus. Só esqueci de falar com ela sobre o agentamento da visita em nossa casa. Mas acho que essa só será após os encontros supracitados. No próximo contato com a assistente social, procurarei saber sobre isso...

Só voltarei aqui no blog se tiver alguma notícia significativa...Estou batalhando pela nossa felicidade!!! 8-)Até a volta, amigos!!! 8-)

Ah! Muito obrigada pelo carinho de todos e torçam por mim, tá?! 8-)

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

6) ERA PARA EU ESTAR FELIZ, MAS ESTOU PREOCUPADA...8-(

Hoje eu deveria estar feliz, mas não estou: depois de ficar durante um tempo como excedente de um concurso público federal, recebi a notícia que o MPOG autorizou a criação de mais 300 vagas para o meu cargo, sendo 19 delas para o lugar que eu concorri.(para mim faltavam 13, até então, para eu ser chamada. Com a criação das tais vagas, por óbvio, serei convocada, muito possivelmente no próximo mês...)
...
Ocorre que eu não concorri à vaga de estado onde atualmente moro com meu marido (ES): fiz p/ o RJ, pois, além de, na época, eu achar que, para lá, seria mais fácil concorrer(tinham mais vagas!), eu e meu marido pensávamos em voltar para nossas origens (para nosso estado, para junto de nossa família e amigos...). Outrossim, meu marido pensava em fazer outro concurso para o RJ, mas isso ainda não se concretizou, infelizmente. Hoje já pensamos em criar raizes no ES e por isso, penso que tomei a decisão errada: antes eu tivesse concorrido para o ES!!! Se assim o fosse, apesar de não ser o concurso maravilhoso, hoje estaria pulando de alegria, pois ia ganhar meu dinheirinho e ficaria junto do meu grande amor aqui no nosso lar tão harmonioso!!!
...
O motivo de minha aflição é que, apesar de não ser o concurso dos meus sonhos, muito pelo contrário, não terei coragem de não tomar posse. Todavia essa decisão vai fazer com que eu fique longe do meu grande amor (e só isso será terrivelmente doloroso...), bem como atrapalhará o Processo de Habilitação do nosso "Favo de Mel"..., isso porque, descobri que terei que ficar, no mínimo, 2 anos trabalhando no RJ (não posso pedir remoção/permuta antes disso...8-( Dessa forma, não dá nem para dizer q estou feliz por, finalmente, ser funcionária pública...Agradeço muito a Deus por esse vitória, mas não consigo parar de pensar quanto ônus que isso vai me gerar...
...
Antes de dar entrada no processo de habilitação, eu expliquei para a assistente social que estava para ser chamada no concurso lá no RJ e, diante do fato concreto, ela me informou que, caso isso acontecesse, eu deveria entrar em contato a fim dela tentar acelerar a visita à nossa casa, bem como a entrevista com ela. O que me deixa preocupada é que, conforme informei ontem, o TJ está em greve. Vou tentar ligar para ela mais tarde (só funciona depois de 12h), mas não sei se terei êxito. Não bastasse as dificuldades do processo, minha própria vida dificulta também a realização do meu grande sonho: encontrar nosso bebê!!!
...
Perdoa-me, meu Deus, se pareço ingrata, ao reagir sem emoção a notícia de que finalmente serei servidora federal!O Senhor é muito Bom para mim, e sei que, de alguma forma, irá fazer com que no final dê tudo certo: o Senhor está no comando e sei que continuará abençoando muuuuuuuuuuuuuito a minha família!
...
Meu bebezinho, presente divino que tanto almejo, como posso estar plenamente feliz hoje, uma vez que imagino que isso talvez vai atrasar mais nosso encontro??? Mas mamãe promete que fará de tudo para que essa "nova fase" não atrapalhe em nada a concretização dele! Eu e papai não vemos a hora de vc chegar...8-)
...
Pai do meu bebezinho, já estou sofrendo terrivelmente a dor da saudade... Quero que nossa família fique sempre muuuuuuuuuuuuuuuuuito feliz e unida...E isso há de acontecer, de novo, em breve. Não sei como, não sei quando,mas isso irá acontecer, você vai ver!Que os anjos digam amém e que Deus me dê força e determinação para batalhar p/ isso! Te amo, Mozinho! Te amo, meu bebê! Perdoem-me por minha apatia...Hoje estou meio assustada com "tantas mudanças". Amanhã é um outro dia: se Deus quiser, estarei bem melhor!!!

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

5) DEMORA "FORA DO SCRIPT": GREVE DOS SERVIDORES DO TJ ES

Hoje fiquei sabendo que os servidores do TJ ES estariam em greve. Sem querer entrar no mérito dessa questão (dos justos motivos deles), fiquei triste com essa informação, uma vez que essa greve muito provavelmente irá atrasar o Processo de Habilitação... Um tempo a mais, "fora do script", aguardando pelo nosso bebê...8-( Os percalços já começaram: mas, tudo bem...Eu sempre soube que passar por todo esse processo não seria "nenhum mar de rosas"...Como já disse abaixo, preciso controlar minha ansiedade e lidar melhor com todo tipo de imprevisto (como esse...). No final, quando nosso bebê chegar, terá valido a pena!!! 8-)
======================================
"9/10/2009
Servidores do Judiciário decidem entrar em estado de greve

Nerter Samora

Os servidores do Poder Judiciário capixaba decidiram, em assembleia realizada nesta sexta-feira (9), entrar em estado de greve a partir da próxima semana pelo não atendimento à pauta de reivindicações da categoria. O presidente do sindicato, Carlos Thadeu Teixeira Duarte, não descarta a possibilidade de uma greve geral dos servidores no Estado.

Segundo Carlos Thaudeu, os servidores ratificaram os itens da pauta de reivindicações da categoria. A lista foi apresentada ainda durante a gestão do presidente afastado do Tribunal de Justiça do Estado (TJES), Frederico Guilherme Pimentel, e ratificada no início da interinidade do atual presidente, Álvaro Bourguignon.

Dentro das 28 demandas dos servidores (confira no box abaixo), apenas quatro delas já foram atendidas pela administração do TJES. Os principais pontos da pauta tratam da comparação dos servidores do Judiciário capixaba com os servidores da Justiça Federal, a criação de um plano de cargos e salários próprio, além da concessão de auxílio-saúde, nos moldes dos oferecidos a magistrados.

A categoria também aprovou a convocação de uma assembleia geral, no próximo dia 23, para deliberar sobre uma greve geral, caso a pauta não seja atendida. Carlos Thaudeu informou que o sindicato irá protocolar um documento no TJES para comunicar as deliberações da assembleia.

Depois do anúncio da suspensão do uso de carros particulares pelos oficiais de Justiça, o estado de greve dos demais servidores do Poder coloca em risco o atendimento jurisdicional, e até mesmo o cumprimento da Meta 2 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) – hoje prioridade da atual cúpula do Tribunal de Justiça.

Protesto

A categoria ainda decidiu aderir ao movimento nacional da Federação Nacional dos Servidores do Judiciário (Fenajud) que decidiu pela paralisação das atividades no próximo dia 21 em protesto contra a Resolução nº 88 do CNJ que determinou aos TJs a majoração da jornada de trabalho de 6 para 8 horas diárias.

As entidades defendem a manutenção do horário de atendimento de 8 horas, divididos em dois turnos com quatro horas ininterruptas para os atuais servidores. Apenas os novos servidores concursados ou daqueles atuais que concordem também com a compensação nos salários deverão cumprir as 8 horas diárias, conforme a norma do CNJ. O dia de paralisação deve ser marcado por um ato público na porta dos Fóruns de todo Estado.(...)"
http://www.seculodiario.com.br/exibir_not.asp?id=4170

=======================================================

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

4) HOJE FOI O DIA DA "FECUNDAÇÃO"

Hoje foi dado o segundo e decisivo passo para adotar o nosso "baby" : demos entrada no Processo de Habilitação!
...
Ao caminhar em direção a Vara de Infância e da Juventude, percebi que a beleza do dia parecia se confundir com a do significado dele : 15 de outubro de 2009, data em que nosso bebêzinho foi "oficialmente fecundado"! 8-)
...
Antes de ir ao Cartório protocolizar nosso requerimento, tive uma conversa com outra assistente social, igualmente simpática àquela que me atendeu outrora, e ela esclareceu-me algumas dúvidas. Depois disso, conversamos um pouco sobre a adoção e, ao questioná-la sobre uma provável estimativa de tempo para realizarmos o nosso grande sonho (encontrarmos nosso bebê!), ela falou, docemente, que não era possível prever, mas, lembrou-me que Deus é o Senhor do tempo, por isso, na hora certa, "nosso presente" chegará. Como ela bem definiu, chegará e irá nos adotar como pais! 8-) Ela esclareceu-me que o perfil almejado por nós é realmente também desejado por muitos (a priore queremos bebê até 1 ano, mas, segundo ela, até 2 anos ainda é dificílimo!). Acrescentou, porém, que isso não quer dizer que será impossível conseguir num lapso temporal menor do que imaginamos. Disse que o fato de termos "aberto" o perfil do nosso bebê (tanto faz se é menino ou menina, a priore, até 1 ano, branco ou pardo, com doenças tratáveis) isso abre o leque das opções. Outra coisa que ela ressaltou é que o fato de ter gente na nossa frente, não quer dizer que acharemos nosso bebê depois delas. Explicou: "se aparecer, por exemplo, um menininho de 6 meses, pardo, será chamado quem está na sua frente. Se o primeiro da fila só quiser recém nascido, passa para o próximo da fila, se esse só quiser menina, idem, e se o outro só quiser branco, idem e assim sucessivamente...Então, não percam as esperanças. Pode ser que não demore tanto quanto vcs imaginam. O passo mais importante vocês já estão dando (entrada no pedido de habilitação): agora coloquem nas mãos de Deus que Ele há de lhes abençoar". Amém (pensei eu!) . Como Deus sempre foi muito maravilhoso para mim, tenho certeza de uma coisa: ou acharemos nosso bebê mais rápido do que imaginamos ou Ele controlará bastante minha ansiedade! 8-)
...
Após essa conversa maravilhosa, que me encheu de paz, fui, finalmente ao Cartório. Entreguei toda a documentação requisitada. Aparentemente estava tudo ok. A única coisa que o funcionário pediu para eu providenciar foi uma foto de corpo inteiro do casal (eu entreguei uma 3x4 de cada um de nós, já que na lista de documentos não constava essa informação de que teria de ser de corpo inteiro...Enfim...Vou providenciar!)
...
Solicitei ao funcionário o número do processo a fim de que eu pudesse acompanhá-lo pela internet. Todavia, ele informou-me que tal número só estará disponível daqui a 15 dias (pediu, inclusive, que eu voltasse lá no Cartório depois desse período para obter essa informação). Outra coisa que ele ressaltou é que, em média, a assistente social fará a visita dentro de 60 dias a partir da data de hoje. Caso nenhum contato seja feito nesse período, solicitou-me que eu os procurasse e verificasse o que está acontecendo.
...
Ressalto, a quem possa interessar, que para dar entrada no Processo de Habilitação não é necessário se valer de um advogado. Fizemos tudo sozinhos e o único custo inicial que tivemos (mínimo, diga-se de passagem...) foi com as autenticações dos documentos.
...
Agora só me resta aguardar ansiosa por novos acontecimentos...8-) Não vejo a hora da nossa habilitação ser deferida, porque ai sim vou me sentir "grávida"... Só que, como já disse anteriormente, minha gravidez, muito provavelmente, durará muuuuuuuuuuuuuito mais de 9 meses... 8-)

3) ATESTADO DE SAÚDE FÍSICA E MENTAL - MODELO

Ontem, dia 14 de outubro de 2009, fui a um clínico geral que me deu o atestado em referência. Segue modelo:
==========================================
Atesto, para fins de direito, que a senhora ______________ se encontra em perfeitas condições de saúde física e mental.
=========================================
Simples assim!!!!!

Hoje vou dar entrada no processo de habilitação! Estou mega feliz por isso!!!!!!! 8-)

2 ) PARA AQUELES QUE TAMBÉM DESEJAM ADOTAR UMA CRIANÇA

A primeira vez que fui à minha Comarca buscar informações sobre o processo de habilitação/ adoção foi no dia 24 de setembro de 2009. Lá peguei um formulário a ser preenchido pelo(s) requerente (s), bem como a lista dos documentos que deverão ser providenciados por nós.
...
Quero deixar claro que cada Comarca tem um procedimento diferente. Essas informações passadas a seguir são apenas para que vocês tenham idéia de como a coisa funciona. Então, caso desejem também adotar uma criança a primeira coisa que vocês tem de fazer é procurar a Vara da Infância e Juventude da Comarca onde você comprova residência.
...
No caso daqueles que comprovem residência na Comarca de Vila Velha - ES , o procedimento é o seguinte:

...
1) Deverão preencher o seguinte requerimento (que já está pronto: basta anotar os nomes, telefones e assinar):
=================================
Excelentíssimo(a) Senhor(a) Doutor(a) Juiz(a) de Direito da Vara da Infância e Juventude de Vila Velha

(...)
___________________ e ____________________ vem/(vêm) respeitosamente à presença de Vossa Excelência para Requerer (em) a sua Habilitação para Adoção, bem como a inclusão no Cadastro de Pretentedente à Adoção dessa vara. Para tanto apresenta(m) a qualificação anexa e os documentos exigidos pela Egrégia Corregedoria Geral da Justiça/ ES.
Aproveito(amos ) o ensejo para Requerer a designação de data para início das providências pelo Setor Técnico, concordando que a(s) intimação (ões) seja(m) feita(s) por meio do(s) telefone(s) nº__________ou __________

Termos em que
Pedem e esperam deferimento,
Vila Velha, _____ de __________ de ______
______________________________
_______________________
=================================
A qualificação exigida por eles é a seguinte:
Nome do requerente/ Nacionalidade/ Estado Civil/ Profissão/ Tem filhos/ Endereço/ RG/ CIC/ Telefones/ Tempo de residência/ Anteriormente residimos na(s) cidade(s). Empregador/ Endereço do empregador
=================================
Relação de documentos:
1) Carteira de Identidade
2) CIC
3) Certidão de Casmento ou Nascimento
4) Comprovante de Residência
5) Comprovante de Rendimentos ou declaração equivalente (holerite, declaração de imposto de renda, declaração de empregador em papel timbrado ou com firma reconhecida)
(Devem ser apresentados CÓPIAS AUTENTICADAS desses 5 ITENS ACIMA)
+
6) Atestado médico comprovando a saúde física e mental
7) Atestado de antecedentes emitido nos últimos 6 meses pela Secretária de Segurança Pública do Estado do Espírito Santo.
8)Atestado de antecedentes emitido nos últimos 6 meses pela Secretária de Segurança Pública do Estado de sua residência anterior, no caso de residir há menos de 5 anos no ES
9) Fotografia do Requerente
==================================

1) ♥ ♥ ♥ O COMEÇO ♥ ♥ ♥

O meu maior sonho sempre foi ser MÃE. Mas, por ironia do destino, esse sonho precisou ser adiado, já que só fui encontrar o homem da minha vida aos 33 anos de idade. Como se não bastasse, assim como muitas outras mulheres, esse sonho precisou ser protelado ainda mais em função de faculdade, carreira, estudo para concurso público etc. Ao chegar aos 37 anos, minha alma "gritava" para eu ser mãe e foi nesse momento que eu e meu marido decidimos, finalmente, que era hora de termos um bebê.
...
Diante dessa decisão tão importante, resolvi, antes de efetivamente colocar nossa idéia em prática, fazer exames para saber se estava tudo bem comigo. Ginecologicamente falando, estava tudo ótimo. Mas descobri que um problema genético, que tenho no sangue, faria com que minha gravidez fosse de alto risco (tanto para mim quanto para o bebê).
...
Meu marido estava pronto a me apoiar, caso eu decidisse encarar a gravidez.(ele é muito companheiro e tenho certeza que estaria o tempo todo ao meu lado). Todavia, confesso que, diante de várias opiniões profissionais (que busquei!) dizendo que minha gravidez "é possível, mas difícil", comecei a declinar da idéia. Foi nesse momento, em que eu estava muito abatida, em meio a grande dúvida de "ENCARAR ou NÃO" a gravidez de alto risco, que passou , no Globo Repórter (18/09/2009), um programa especial sobre adoção. Para muitos isso pode ter sido mera coinscidência, mas para mim pareceu mesmo uma mensagem de Deus, mostrando-me que este caminho também seria uma opção maravilhosa a seguir!!!
...
Preferi, então, depois de conversar com meu marido sobre o assunto, ouvir minha voz interior de "não encarar" a gravidez, ser mais paciente (porque é sabido que vai demorar muito mais) e aceitar (e curtir!!!) o que talvez, em função de todas as circunstâncias, desde o início, tenha sido o plano de Deus: que eu e meu marido adotássemos uma criança... (antes mesmo de saber desse problema, por várias vezes, manifestamos nossa vontade de fazer isso!!!!)
...
Enfim...Fui na Vara da Infância e da Juventude e peguei informações a respeito da habilitação de adoção. A assistente social, muito simpática, disse que a fila na nossa Comarca (Vila Velha - ES) é grande, mas menor do que no RJ . Disse também que muita gente dessa Comarca gostaria de se habilitar aqui, mas não pode, em função da mudança da lei (agora, segundo ela, tem que se habilitar no local onde se comprova residência).
...
Estou ciente, bem como meu marido, de que será uma processo longo e que precisarei lidar com minha ansiedade para aguardar os longos anos que ainda virão pela frente. Mas, ao mesmo tempo que estou me preparando para as adversidades do processo, estou com uma sensação maravilhosa de que meu(inha) filhinho(a) está a caminho. (é assim que sinto!!!!) e quando ele(a) chegar, tudo terá valido a pena, tenho certeza!!!!! Mas mãe que é mãe tem de sentir dor, né? rs A dor de quem gera é grande na hora do parto, a dor de quem adota é grande durante o processo..."Faz parte!" rs Meu pai me disse algo belo, que resume o meu pensamento: "espiritualmente, um serzinho já está designado para entrar na vida de vocês dois e, quando chegar a hora certa, ele chegará!!!" (e será muuuuuuuuuuuuuuito amado!). O legal é que o meu marido está curtindo cada dia mais a idéia de ser pai...E acho que ele será um paizão! 8-).
...
Estou animadíssima com a idéia de adotar a criança!!! 8-) A criança será amada por nós da mesma forma que seria se gerada em mim!!!! (assim como um pai não gera e nem por isso ama menos um filho, né?) Eu e meu marido já amamos nosso bebê antes mesmo de conhecê-lo!!!!Brinquei com o meu marido dizendo que no momento em que dermos entrada na papelada, sentirei q foi o "momento de concepção" e que, depois de habilitados, já vou me sentir "grávida"...rs A diferença é que minha gravidez não será de 9 meses, vai durar muuuuuuuuuuitoto mais. rs
...
Finalmente, gostaria de deixar bem claro que, ao invés de me lamuriar por ter sido "premiada" com probleminhas de saúde (têm muitos problemas beeeeem piores...), prefiro olhar para o horizonte e pensar que não serão esses "probleminhas" que me impedirão de ser feliz: assim o serei (e já estou sendo!!!) através da adoção!!! 8-)